Europa autoriza projeto para buscar vida extraterrestre

22/06/2017 20:00:34

A Europa aprovou o lançamento de um observatório do espaço profundo para buscar planetas habitáveis em outros sistemas estelares, junto com quaisquer formas de vida que eles possam hospedar.

"A missão PLATO abordará questões fundamentais, como 'quão comuns são os planetas parecidos com a Terra?' e 'nosso sistema solar é incomum, ou até mesmo único?'", disse na quarta-feira a Universidade de Warwick, cujos cientistas participarão do projeto.

O empreendimento de vários milhões de euros "poderia eventualmente levar à detecção de vida extraterrestre", acrescentou.

Um comitê da Agência Espacial Europeia (ESA), reunido em Madri, autorizou a missão na terça-feira, o que significa que ela "pode passar de um plano à construção", afirmou a universidade em um comunicado.

Quando o projeto candidato foi anunciado pela primeira vez, há três anos, seu custo foi estimado em cerca de 600 milhões de euros.

Com 26 telescópios a bordo, a PLATO irá se juntar ao observatório Kepler da Nasa na busca por exoplanetas, que giram em torno de estrelas diferentes do nosso Sol.

O Kepler encontrou até agora mais de 3.400 exoplanetas confirmados. Destes, 30 têm menos do dobro do tamanho da Terra e orbitam dentro da chamada "zona habitável" da sua estrela, a uma distância que permite a existência de água em estado líquido.

A PLATO (Planetary Transits and Oscillations of stars) deve ser lançada em 2026, disse a ESA.

Fonte: UOL CIência

Tags: #Alienígenas #ETs #Ciência #Europa